ARTIGOS

» Economizando com a energia doméstica

» Mercado de Luxo

» Denise Furcolin fala sobre sua paixão pela Bonaluce

» Especialista em iluminação fala sobre novidades que valorizam o ambiente

» TECNOLOGIA LED

» POSSIBILIDADES DE APLICAÇÃO DO LED

» RETROFIT

Economizando com a energia doméstica

A iluminação doméstica é responsável por uma parcela importante do gasto com energia na casa. No Brasil, a fonte de energia mais usada para iluminação é a elétrica. Economizando com iluminação você gasta menos e ajuda o meio ambiente porque a geração de energia elétrica tem impacto ambiental. Mesmo no Brasil, onde predominam as usinas hidrelétricas, a redução no consumo de energia elétrica é fundamental para o ambiente. Primeiramente porque nosso sistema é integrado e também usa usinas termoelétricas e nucleares, que causam dano ambiental maior. Segundo, porque as usinas hidrelétricas também têm impacto ambiental. Finalmente, se todos economizarem, não será preciso ampliar o sistema, o que vai trazer mais custo ambiental.

Veja algumas dicas para economizar com iluminação:

Ambiente pintado com cores claras, especialmente o teto, reflete melhor a luz e reduz os gastos com iluminação.

Em áreas coletivas, como corredores e escadas de prédios, use interruptores temporizados (minuteiras) ou sensores de presença para evitar que as lâmpadas fiquem acesas quando ninguém está no ambiente.

Em áreas externas, use fotocélula para acionar as lâmpadas. Isso vai evitar o acendimento delas quando a luz solar é suficiente.

Os dimmers permitem que você ajuste a luminosidade do ambiente. São dispositivos que controlam a intensidade de luz emitida pelas lâmpadas economizando energia.


LÂMPADAS

Há vários tipos de lâmpadas para uso doméstico, mas vamos falar sobre as mais comuns: incandescentes, halógenas, fluorescentes tubulares, fluorescentes compactas e de LEDs.

 

 

   Incandescente

   Consumo: 60W
   Fluxo luminoso: 900 lumens
   Vida útil: 1.000 horas
   Preço: $
   Eficiência luminosa: 15 lumens/Watt
   Na casa ecológica: não recomendada

 

Inventadas por Thomas Edison, são as mais antigas, mais baratas e mais usadas. Tem uma temperatura de cor quente e sua luz amarelada cria ambientes agradáveis e aconchegantes. Entretanto, são as que mais consomem energia e têm a menor vida útil. Lâmpadas incandescente devem ser evitadas em uma casa ambientalmente correta. Procure restringir o uso delas aos locais de convívio íntimo. Não as use em corredores, ambientes externos, banheiros, garagens, depósitos, cozinhas e locais que podem receber uma iluminação mais fria.

BONALUCE - Todos os direitos reservados.